Produção de Conteúdo – O que você precisa saber

A produção é vital para uma estratégia de marketing de conteúdo. O mesmo não toma forma sem ela. Mas o que significa uma boa produção de conteúdo? Continue lendo este artigo, que tem como objetivo abordar os pontos mais importantes do assunto e te deixar mais preparado para o mercado de trabalho.

Você gostaria de aumentar seus resultados? Quer intensificar seu trabalho? Está buscando ampliar sua mensagem na internet? Siga essa leitura e aprenda mais sobre Produção de Conteúdo.

 

A Produção de Conteúdo

O conteúdo pode ser em diversos formatos como textos, vídeos, imagens, etc. Ele é moldado e fornecido por diversas ferramentas como blogs, streams, entre outros. Mas primeiro você tem que saber para que serve uma boa estratégia de conteúdo. Então vamos lá:

Na estratégia, em resumo, a produção envolve dois pontos centrais:

1 – Criação

2 – Entrega

Sobre a criação, estas perguntas devem ser respondidas:

  • Qual conteúdo será criado e por que?
  • Como esses formatos serão encontrados?
  • Quem será o encarregado de criar esse conteúdo?

E em relação à entrega, considere:

  • Como esse conteúdo chegará ao público?
  • Quem irá editar e revisar esse conteúdo?
  • Quem irá publicar e divulgar?
  • Quais estratégias e ferramentas serão usadas para fazer com esse conteúdo chegue até os usuários?

 

O Produtor de Conteúdo

Quando se fala em produção de conteúdo, na maioria das vezes, as pessoas associam à profissão do redator, que transforma uma estratégia em conteúdo direto e atrativo para consumo. Mas roteiristas, produtores de vídeos, criadores de podcasts, designers e qualquer outro profissional que produza e exerça alguma função em canais digitais para fins estratégicos, comerciais e de entretenimento, são produtores de conteúdo.

O conteúdo a ser criado precisa ser relevante e eficiente. Um produtor precisa auxiliar os usuários a encontrar informações que os ajude com algo e os influencie a realizar uma ação. É papel do produtor iniciar uma conversa com o usuário de uma plataforma, resolver o seu problema e informar algo, facilitando  assim, uma melhor conexão entre a marca e o consumidor. E isso só será possível se o produtor de conteúdo estudar e entender os desejos e necessidades do tipo de persona que é o consumidor daquela marca.

Abaixo seguem alguns pontos  sobre o trabalho de um produtor de conteúdo, principalmente de um webwriter:

  • Ter um conhecimento e domínio básico de SEO e otimização de sites.
  • Saber criar tags de títulos, palavras-chave, estrutura de página, links de texto, descrições e etc.
  • Aprender o básico de usabilidade e experiência de usuário.
  • Desenvolver o hábito de análise contínua do conteúdo.
  • Compreender os aspectos comerciais do conteúdo, lembrando que o formato precisa gerar algum tipo de conversão.

O profissional que conseguir ter noção desses pontos entregará um trabalho bem diferenciado.

 

Qualidade e Relevância

Um bom produtor precisa ser hábil para poder entregar um conteúdo claro, objetivo e persuasivo, incentivando os objetivos planejados, como por exemplo, levar visitantes de um site a clicarem ou compartilharem algum link. Gerando interação, engajamento e conversão.

Mesmo com alta demanda para produção de conteúdo, são poucos os profissionais ou empresas que possuem o conhecimento ou a habilidade para atingir esses resultados. Independente do tamanho do seu negócio, deixe seu marketing nas mãos de quem realmente pode fazer algo útil por você e que possa ajudar a ascender resultados reais. Também precisamos considerar que é difícil de se conseguir bons profissionais quando o orçamento e o prazo são curtos, por isso, se você tem uma empresa, destine tempo e verba para essa área. E se você é produtor, seja o melhor profissional que seus clientes irão encontrar. Entenda ao máximo sobre produção de conteúdo, plano de marketing e munido com as melhores ferramentas e técnicas para produzir bons conteúdos.

 

Os 3 Pilares da Boa Produção de Conteúdo

#1. Localização

Uma das primeiras coisas que precisa ser considerada por um profissional de conteúdo é o SEO. Você estará desperdiçando tempo e dinheiro se seus conteúdos não são localizados e encontrados facilmente.

Você precisa analisar e se colocar no lugar do usuário para ver se consegue encontrar o conteúdo lançado na web. Faça buscas no Google, Youtube, Vimeo, etc e veja se consegue localizar e encontrar o conteúdo que produzisse.

Existem muitas estratégias de SEO que podem ser aplicadas em conteúdos, mas o que você deve fazer é fornecer o máximo de informações sobre o assunto que está sendo passado. Dessa maneira os algoritmos irão associar seu conteúdo com as buscas feitas. Entre as práticas básicas e mais eficientes está a inclusão de palavras-chave relacionadas ao contexto do assunto. Pesquise e mapeie palavras relevantes antes de começar a produzir.

#2. Acessível

Usuários estão sendo incentivados a consumir pilhas de conteúdos todos os dias. E por isso, é importante que os formatos criados por você estejam disponíveis em diversas plataformas como: Blogs, Youtube, Facebook, Google Plus, Vimeo, LinkedIn e até mesmo o SoundCloud.

Por que essa disseminação? Isso certifica que a sua mensagem seja encontrada de forma mais fácil, e assim, você consegue conectar usuários à sua marca diariamente, gerando tráfego, engajamento, leads e vendas de forma automática.

Também é importante levarmos em consideração a acessibilidade na hora de criar o conteúdo e se poderá ser consumido em dispositivos móveis. Hoje, são mais de 170 milhões de pessoas que utilizam esses dispositivos.

#3. Compartilhável

O mesmo princípio que está por de trás do porquê você curtiu ou compartilhou um post de um amigo no Facebook, ou encaminhou um e-mail que recebeu para outra pessoa, deve servir como base para a produção de qualquer conteúdo.

O motivo das pessoas comentarem sobre algo que leram durante o dia e compartilharem um post, é porque foram tocadas por esse conteúdo de alguma maneira. Tente sempre criar algo que vá além do comum, algo que seja surpreendente e tenha o compartilhamento como uma métrica.

Se esforce para fazer algo inesperado e incentive as pessoas a compartilharem o que você cria. Conseguir engajar um público através do seu conteúdo, é gerar um ativo poderoso para sua estratégia de negócios.

 

Características Primordiais para uma Boa Produção de Conteúdo

Independente se você é um empresário em busca de um bom produtor de conteúdo, ou um produtor de conteúdo em busca de aperfeiçoamento profissional, esses pontos a seguir servem para você contratar a pessoa certa, ou se tornar a pessoa certa:

#1. Briefing

Saiba interpretar o briefing gerado pelo contratante para saber o objetivo do conteúdo. Imagine ficar horas e horas escrevendo um texto, para depois descobrir que o resultado final não foi aprovado ou nem era aquele? Não se pode construir argumentos e ideias sem saber o que o briefing está exigindo. Minimize seus conflitos entendendo as intenções que o texto precisa ter, o tipo de linguagem a ser usada e o objetivo final do conteúdo.

#2. Qualidade

Guie esforços para a criação de conteúdos de qualidade. Se qualifique fazendo cursos sobre técnicas de produção do formato específico que você produz. Dessa maneira você conseguirá se especializar gradualmente e manter uma rotina de trabalho. Esteja atento às novidades do mercado, e procure estar adequado com as expectativas que o segmento de conteúdo demanda.

#3. Responsabilidade

É preciso ter responsabilidade para garantir uma boa produção de conteúdo.  Atenda a prazos de entrega e aprenda a ter responsabilidade sobre os compromissos exigidos, se não, aquela atividade que poderia vir a ser promissora, acaba virando um sonho.

#4. Originalidade

Tenha autoria sobre os seus conteúdos. Copiar informações de outros lugares e assinar como produção sua, pode até vir a gerar um processo. Qualquer tipo de plágio destrói a credibilidade de qualquer um…

#5. Organização

Organizar as demandas é essencial para seus resultados. Utilize programas, aplicativos, etc, para organizar seu tempo e pautas. Mas independente da sua escolha ou método de organização, o mais importante é você conseguir manter um fluxo de trabalho consistente e efetivo. Se você precisa lidar com um volume grande de conteúdo, se organize da forma correta para não prejudicar a estratégia do cliente.

 

Qual o seu Próximo Passo?

Estamos felizes que você leu e chegou até aqui! Queremos que você finalize essa leitura tendo uma ideia geral de como funciona a produção de conteúdo. E se você quiser saber mais ou esteja à procura de um produtor de conteúdo, entre em contato conosco! 😉

2017-10-05T13:05:02+00:00

Leave A Comment